sexta-feira, 19 de março de 2010

È assim que é.


Quando entregamos nossas almas não tem volta, passe o tempo que passar
Quando agente olha nos olhos, saem faiscas, não há como evitar
Sua presença me faz frenética em amor, minha presença te enche de calor
Loucura intensa, é a nossa sentença por não culminar, desejo eterno, incomensurável amor

Por Jacqueline Lemos

Nenhum comentário:

Postar um comentário