terça-feira, 31 de julho de 2012

A distância

Uma hora você deixou que eu partisse,
Porventura estava falando á sério?
Mesmo sem saber eu parti.
E ao não mais ouvir você a me proferir palavras, deduzi,
estavas falando á sério?! e assim prossegui.


Indo ao longe, tão longe eu nem percebi que,
quanto mais eu caminhava, estavas bem logo atras de mim.


E por fim eu soube que o meu amor não foi em vão,
Que por tantas distorções e conflitos tudo não passou
de engano, e ainda sim o que foi escrito pra ser é,
Mesmo que a distância e sem contentamento.


Talvez seja o certo, o melhor.
Ter o meu maior amor, como meu melhor
amigo, pelo menos ainda o tenho,
pelo menos ainda está comigo.


Ainda é meu amigo.
Sem beijos, sem caricias, sem abraços.
Só abrigo.

Por Jacqueline Lemos

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Porque a gente tem que amar assim?

     Porque a gente tem que amar assim? tão intensamente... 
de modo inconsequente e sem medo de sentir... 
Porque a gente tem que amar assim? tão cego e tão ardente...
sendo tolerante a tantos enganos pra não se agredir...
Porque a gente tem que amar assim? na frieza ou na dureza,
o amor não deixa de existir?
Porque a gente tem que amar assim? por causa daquele homem que ensinou 
o amor ao ponto de dar a vida em prol de ti?
Porque a gente tem que amar assim? ainda não entendo, um dia eu aprendo,
mas eu amo em fim.


Por Jacqueline Lemos

sexta-feira, 20 de julho de 2012

O amor é outra coisa...


Muita gente fala que ama, mas nem conhece o amor...
Muita gente grita que ama, mas de fato é mera paixão...

O amor nasce calado, cresce quieto e morrer... ele não morre,
Permanece no seu intimo vivo ou talvez aprisionado.

Você sabe o que é  amor, ou pensa que sabe...
Talvez você nem sabe...
Mas eu vou falar...

O amor é paciente e permanente.
Quieto e eminente.

O amor afaga a dor e cobre a mágoa,
O amor supera tudo, e o sofrer apaga.

O amor faz um dia quente ser mais fresco,
e um céu nublado ter mais cor,
O amor é como um ninho, 
mais quentinho, seguro e sem temor.

O amor é livre e deixar viver,
Não sufoca, não prende,
Deixa ir e deixa ser...

Por mais que doa a ausência,
o amor perdura pela eternidade,
e quem sabe além dela...

O amor é o sentimento mais profundo,
Mais fácil, mais difícil e mais complexo de Universo
e do Mundo.

Apenas o amor.

Por Jacqueline Lemos






segunda-feira, 16 de julho de 2012

É amor


E tudo que eu sou, tudo que restou foi amor...
Ainda bem, é sim amor...
Você ai e eu aqui, a gente por ai...
Ainda é amor.

Meu interesse, seu interesse...
Ainda é amor.

Que diferença faz se eu falo, se eu calo...
Mas ao indagar pela minha voz, eu sei... é amor.

Dai você para e ouve minha voz, você precisava escutar...
É amor, ele nunca acabou... só parou de caminhar.

E todas as vezes que meus olhos procuram os teus, eles encontram...
Ha eu te amo tanto meu amor.

E ainda que minha boca não encontre mais a tua,
A minha alma esta entregue em tuas mãos, 
Eu te dei algo raro, te dei meu coração.

Por: Jacqueline Lemos

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Meu mundo, meu céu...




Invejo toda imensidão por te contemplar onde quer que va... Queria ser a tua sombra, e ter a liberdade de te cercar, sem incomodar.
Queria muitas coisas, quais não posso ter, e ninguém pode me dar...
By: Jacqueline Lemos

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Eterno

O que parecia Simples, tornou-se um nevoeiro traiçoeiro.
O que parecia doce, fez-se amargo e derradeiro.
Antes mesmo de começar, pôs-se o fim a terminar.
Onde um dia Houve Amar, hoje habita o Desprezar.


Naquele momento o semblante baixou, e tentou recordar...
tudo que fora vivido, 
e recordando traduziu que era o amor.


Felizmente na memória é Eterno e Perdurará Para Sempre,
toda alegria, toda paz e toda dor.
Perdurará a Lembrança de um Verdadeiro amor. 


Por: Jacqueline Lemos