quarta-feira, 4 de julho de 2012

Eterno

O que parecia Simples, tornou-se um nevoeiro traiçoeiro.
O que parecia doce, fez-se amargo e derradeiro.
Antes mesmo de começar, pôs-se o fim a terminar.
Onde um dia Houve Amar, hoje habita o Desprezar.


Naquele momento o semblante baixou, e tentou recordar...
tudo que fora vivido, 
e recordando traduziu que era o amor.


Felizmente na memória é Eterno e Perdurará Para Sempre,
toda alegria, toda paz e toda dor.
Perdurará a Lembrança de um Verdadeiro amor. 


Por: Jacqueline Lemos

Nenhum comentário:

Postar um comentário